terça-feira, 6 de março de 2012

Refrigério Para a Alma Abatida...

"Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno."
(1 João 5:19)



Neste mundo cruel em que a maldade e o existencialismo são dominantes em todos os braços da sociedade e oprimem o ser humano em uma rede extremamente complexa e cheia de ramificações das mais variadas formas e intensidades de sentimentos, que em resumo, fazem com que todo esse aglutinado de emoções sejam finalizadas em uma só definição: "MEDO". Medo da morte, medo de bandidos, medo de sofrer, medo de perder, medo de fracassar, medo de falhar ou de não conseguir, medo de chorar, medo de sorrir, medo de se abrir, medo de confiar, medo de amar... Enfim, todos os temores que assombram os homens, desde Adão até os dias de hoje. 

Nosso corpo carnal é uma maquina divina arquitetada pelo próprio Criador, mas ela precisa estar em perfeita harmonia para que todos os seus componentes funcionem perfeitamente, um ponto fora do eixo desregula tudo, algo microscópico como uma célula ou uma proteína podem atrapalhar todo o seu funcionamento, por isso que, nestes (considerados por mim), como últimos dias, vemos tantas pessoas ao redor do mundo sendo afligidas por doenças,  seja doenças psicológicas (como depressão) ou doenças psico-fisiológicas (como câncer), nossos medos nos aprisionam, sufocando-nos, enfraquecendo-nos e nos deixam doentes, podendo até nos levar ao óbito.

"Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo". (João 16:33) 


Nosso corpo é trino, ou seja, somos três em hum, pois Deus nos fez sua imagem e semelhança como está escrito em Gênesis 1:26a, e como seres trinos, assim como Deus, possuímos corpo, alma e espírito. O corpo é a parte física, "o pó", já nosso espírito pertence a Deus, pois veio diretamente de Deus, (sabe aquele vazio existencial? Ele se dá pela saudade que nosso espírito sente de Deus), e por fim nossa alma, que é nosso DNA de sentimentos, onde armazenamos nosso caráter e nossa essência, é lá que está registrado quem realmente somos, sem máscaras nem rodeios. A alma pode ser ferida por medos e traumas, gerando impacto em nosso corpo físico, este impacto pode ser traduzido pelas mais variadas enfermidades e sofrimentos e estas patologias podem acarretar a morte de nosso corpo, ou seja, uma morte gerada por uma alma sofrida e amedrontada. Mas pior que se morrer fisicamente, é "a morte espiritual", que se resume a um afastamento de DEUS, é ser destituído da Glória vindoura, da Sua presença.





Nosso objetivo aqui, é mostrar-lhe que DEUS não cura somente nosso corpo, mas nos cura por completo. Cura nossos sentimentos, nossas emoções, e se for necessário nos desfaz para nos refazer. JESUS pagou um alto preço por nós "Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças..." (Isaías 53:4a). Ele nos resgatou por inteiro, e até o dia de sua vinda Ele nos aperfeiçoará através do Seu Espírito Santo. 

"O ladrão vem apenas para furtar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham plenamente." (João 10:10).

Se problemas te afligem, se tua alma não se acalma dentro de ti, se te sentes injustiçado, abatido, perseguido, incompreendido, entristecido, cansado ou ferido, saibas que JESUS te aguarda de braços abertos com um amor que excede todo o entendimento e toda a compreensão humana, algo inexplicável, sobrenatural, só JESUS para nos curar, sarar, perdoar e salvar de todo mal que o mundo possa nos fazer, nosso DEUS é um DEUS que cura, o Médico dos médicos.




DEUS abençoe a todos e lembre-se Ele está sempre pronto para te ajudar através de JESUS CRISTO!!!

2 comentários:

  1. Esse texto ajudou a acalmar o meu espírito e me fez lembrar o quanto Deus me ama!

    ResponderExcluir
  2. É verdade Alexandre Garcia DEUS te ama d+, afinal de contas ELE entregou SEU FILHO por amor a nós! Q seu espírito nunca esqueça desta realidade!

    "...Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

    Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor..."

    (Romanos 8.35, 37-39)


    A paz amado!

    ResponderExcluir